Anatol Waschke
LOGO
technical solutions for the showbiz
NAVEGAÇÃO
home tools print about

todo conteúdo deste site é publicado sob
GPL
e
Creative Commons License
todos os nomes e marcas registadas são propriedade dos seus respectivos donos


text que esteja a piscar neste site significa que ainda não foi traduzido

clique na bandeira para mudar de lingua
de pt en

última alteração deste documento @ January 11 2007 23:54:12.(GMT)

Dimas - Ficha Técnica

DIMAS

  

Requerimentos técnicos

1. Palco e cenografia

O palco deve ter no mínimo 8m de largura de boca (+ bastidores) e 10m de profundidade útil.

A altura útil (projectores) não deve ser menos que 7m.

O panejamento deverá estar disposto em cena alemã (black box) com o fundo constituído por dois meios fundos (haverá por aí uma saída de cena) conforme o desenho anexo.

2. Luz

Material necessário:

  • 25 - PC (prismconvex) 1kW com palas e porta filtro

  • 06 - recorte Robert Juliat 714SX

  • 02 - PAR64 com CP60

  • 07 - PAR64 com CP61 (um não está no desenho)

  • 29 - PAR64 com CP62 (um não estã no desenho)

70 canais de dimmers dmx512 com curva linear

cabelagem dmx até a regie (saída em 3 pinos 1-0/2-/3+)

a mesa de luz será trazida pela companhia

O desenho em anexo mostra a implantação de luz para o Teatro Viriato em Viseu.

3. Som

Material necessário:

  • dois microfones s/ fio de lapela omnidirecçionais (Sennheiser MK2 ou AKG CK77) com suporte p/ cabeça

  • receptores com booster de antena, antenas direccionais e escolha de frequência

  • mesa de som Midas Venice ou semelhante (que poderá ser substituída por uma mesa digital ou um sistema DSP tipo BSS SoundWeb)

  • 5 monitores de chão com 4 vias de amplificação/equalização gráfica

  • 4 vias de compressão para inserir na mesa (DBX 160 ou semelhante)

  • 1 efeito MPX1 (serão usados 2 mas um será trazido pela companhia)

  • 1 gravador DAT ou HD pronto para gravar o espectáculo

  • 1 amplificador/combo de baixo

Lista de vias:

1 - linha contrabaixo - DI activa

2 - micro contrabaixo – linha (com phantom power +48V)

3 - micro Graeme - lapela

4 - micro Suzanna - lapela

5/6 - retorno FX1 - linha FOH

7/8 - retorno FX2 - linha FOH

os envios para o PA, retornos e efeitos serão decididos consoante o material e a sua disposição.

PA:

o sistema (esquerda/direita) deve ser capaz de garantir uma cobertura uniforme (20Hz-20kHz @ 98dBa SPL) para toda a audiência reservando 12dBu de margem

se possível deverá estar instalado um cluster central com uma mistura/processo separado

em salas pequenas ou muito grandes devem estar previstos misturas e processos separadas para reforço e efeitos

3. Plantas

em alguns sistemas este modelo poderá não ser completo
aqui está a mesma planta em AutoCad 2004
dependendo da sua ligação este ficheiro poderá demorar até 10 minutos a carregar

4. Horários de montagem




Técnicos (locais)

dia

período

tarefas

Som

Luz

Maq

1

manhã

montagem Luz / Som

2

3

1

afinação Luz / Patch

0

3

1

tarde

montagem cenário / corr. Luz / afinação Som

2

1

2

soundcheck / afinações

1

1

2

noite

ensaio geral

1

1

1

2

manhã

folga






tarde

correcções

1

1

2

noite

espectáculo

1

1

1

3

manhã

desmontagem

2

2

2

5. Camarins

Serão precisos 3 camarins individuais (Suzana Branco, Carlos Bica e Graeme Pulleyn) e uma sala de apoio para a produção/técnica com uma tábua de engomar e respectivo ferro.

6. Lavandaria

Em caso de vários espectáculos será preciso um serviço de lavandaria para os figurinos:
  • 1 vestido de linho e um casaco de lã (limpeza a seco)
  • 1 calção, 1 calça, 1 camisa, 1 camisola, 1 camisola interior (lavagem)

  • Todas as peças deverão ser passadas a ferro

7. Contactos

Técnica:
Anatol Waschke
anatol[at]anatol[dot]biz
+351 914 937 950
www.anatol.biz

Produção:
Mónica Paredes
ac[dot]nicho[at]gmail[dot]com
+351 968 950 454

this document is copyleft by Anatol Waschke